21 - 23 SETEMBRO 2022
Expo Center Norte | SP

Construindo um sistema de segurança inteligente

Cada vez mais deve-se buscar informações relevantes para que os tomadores de decisão de uma organização consigam optar pelos melhores caminhos e focar no core business dos seus negócios.

Para que isso aconteça, se faz necessário um projeto de segurança inteligente que possa oferecer esses dados de forma rápida e eficaz, capacitando a tomada de decisão mais efetiva e com menos força de trabalho envolvida.

Um dos exemplos de empresas de segurança que tem como foco a implementação de um sistema de segurança inteligente em seus clientes e a ALTAVE.

Quem é a ALTAVE?

A ALTAVE é uma empresa que busca oferecer uma solução completa de monitoramento inteligente, da análise do problema a contratação, manutenção e suporte contínuo. Seu serviço contempla hardware e software exclusivo alimentado por inteligência artificial, com informações relevantes, em tempo real e georreferenciadas para apoiar a tomada de decisão do cliente e evitar incidentes graves na área monitorada ou arredores. Há mais de 10 anos entrega soluções eficientes, diferenciadas e de qualidade para instituições relevantes dos setores de Defesa e Segurança, Energia, Mineração, Portos, Agronegócio e Óleo e Gás.

Por que buscar a migração para um sistema de segurança inteligente?

Consultamos Leonardo Nogueira, Cofundador e head de Marketing & Vendas da ALTAVE, para entender melhor qual a importância da contratação de ferramentas de segurança inteligente para uma organização. Escolhemos alguns pontos focais para tal e listamos abaixo, confira:

Redução do tempo gasto com segurança

Deixar de perder tempo com burocracias e mal funcionamento de ferramentas de segurança legado, ganhando tempo para poder dedicar a força da organização em decisões e ações que garantam o crescimento do negócio;

Redução na quantidade de pessoas envolvidas

Utilizar menos força humana na manutenção, monitoramento e tomada de decisões essenciais para o funcionamento do sistema de segurança.

Conformidade com regulamentações

Garantir que o sistema de segurança esteja de acordo com as regulamentações trabalhistas e ambientais, principalmente em setores críticos que exigem tomada de decisão rápida.

Integração com o sistema de segurança legado

Realizar uma migração integrada ao sistema de segurança já existente no cliente, proporcionando assim a utilização de pontos positivos e mudanças gradativas e suaves no dia a dia.

O que é necessário para um sistema de segurança inteligente?

Monitoramento em tempo real

É imprescindível a existência de ferramentas de monitoramento em tempo real capazes de emitir alertas e relatórios para que ações sejam tomadas.

Soluções em várias plataformas

Informações devem estar disponíveis num sistema de multiplataforma, apto a compartilhar informações com os chefes de segurança em celulares, central de monitoramento, sistemas de rede e qualquer outro meio digital.

Informações relevantes

Geração de informações e relatórios que possam ser usadas pelos chefes de segurança de forma rápida e precisa, evitando duplicidades e possíveis erros humanos.

Armazenamento de informações

Variados locais de armazenamento físico e em nuvem, evitando corrompimento e perdas de informações essenciais, além de da garantia de geração de histórico de ocorrências e pontos de aprendizados.

Aperfeiçoamento com tempo de funcionamento

As ferramentas devem ser flexíveis e contar possíveis falhas de funcionamento, focando em melhorias constantes no sistema e ferramentas específicas para evitar novas ocorrências.

Integração de informações em um sistema único

Contar com um sistema central para recebimento e armazenamento de todas as informações em tempo real, possibilitando rapidez nas tomadas de decisões e mantendo uma linguagem padronizada.

Resolução sem intermediários

Um dos maiores problemas atuais em sistemas de segurança realizados por empresas terceiras é a falta de capacidade de resolução de problemas devido a dependência de outros fornecedores. É necessário que uma empresa seja responsável pelo sistema e tenha total autonomia nos processos.

Ações automáticas

Existem pequenas ações decorrentes de sistemas de monitoramento em tempo real que pode ser realizada de forma automática. Geração de alertas para equipe de campo para tomada de ações inteligente e acionamento de ferramentas inibidoras que tenham efeito rápido em possíveis ocorrências são alguns exemplos.

Para saber mais sobre como será possível tornar o sistema de segurança da sua empresa com ferramentas e soluções inteligentes, assista o webinar realizado na nossa última edição da Global Security Week, “Migração para uma segurança inteligente em 5 passos”.

Aproveitamos o tópico para realizar o convite de participação da ISC Brasil 2022, que acontecerá presencialmente de 21 a 23 de setembro, no Expo Center Norte. A principal feira de soluções integradas de segurança oferece muitas oportunidades para seu negócio. 

 

Autor: Gustavo Cavequi