21 - 23 SETEMBRO 2022
Expo Center Norte | SP

Qual é a melhor câmera de segurança para o meu projeto?

Conheça os tipos de câmeras existentes no mercado e qual a aplicação ideal de cada uma

O mercado de segurança disponibiliza uma ampla variedade de câmeras com diferentes estilos, recursos, resoluções e preços. Saber qual é o melhor equipamento para a sua aplicação pode ser uma tarefa difícil, por isso a C4i, empresa especialista em realizar projetos inteligentes de segurança, explica os seis tipos de câmeras mais comuns do mercado. Confira!

1. Câmera Box

A câmera de segurança tipo box conta com um design retangular que lembra uma caixa e é ideal para uso externo, em aplicações em que a qualidade da imagem é essencial. O equipamento é à prova de intempéries e sua maior vantagem é a possibilidade de substituir as lentes, como varifocal e fixa, para atender às necessidades da instalação. É uma boa opção para projetos escaláveis, pois em caso de mudança, basta trocar a lente ao invés de substituir toda a câmera.

2. Câmera Dome

A câmera de segurança dome é um tipo esteticamente mais agradável, tem um formato menor e mais discreto, ideal para ambientes internos, como elevadores, escritórios e lojas. Alguns modelos podem ser utilizados em áreas externas, mas a cúpula de vidro que reveste a dome pode refletir iluminadores e causar ruído na imagem. Além disso, ao instalar em ambientes externos, geralmente requer mais manutenção do que uma câmera bullet.

As domes também possuem diferentes opções de lentes, como fixas, varifocais ​​e motorizadas. As lentes fixas são as mais comuns, enquanto as lentes varifocais podem aumentar e diminuir o zoom. Com uma lente motorizada é possível controlar a câmera remotamente.

Leia também: HID Global prevê sete tendências que afetarão o setor de segurança e identidade em 2022.

3. Câmera Bullet

A câmera de segurança bullet possue um design projeto para fora, como um cano de uma arma, tornando-a mais visível. É ideal para ambientes externos e justamente por ser um modelo mais aparente, é utilizada estrategicamente para inibir as ações de criminosos.

Os modelos comercializados no mercado geralmente incluem iluminador infravermelho para visualização noturna, proteção IP66 (à prova de intempéries) e um alcance fixo mais amplo, tornando a câmera bullet ideal para monitoramento de grandes áreas, como estacionamentos e ruas.

4. Câmera Multissensor

A câmera multissensor ou multi-imagem tem várias lentes embutidas em apenas uma câmera, o que oferece uma cobertura mais ampla. Por causa das múltiplas lentes, o VMS mostra três imagens diferentes. Portanto, esse modelo é ideal para cobrir áreas mais amplas.

Esta é uma curadoria da RX Brasil sobre qual câmera de segurança usar em seu projeto Para continuar lendo, acesse o site da Revista Segurança Eletrônica.