21 - 23 SETEMBRO 2022
Expo Center Norte | SP

Vantagens de um sistema de acesso integrado com a detecção de invasores

Controles de acesso e sistema de identificação de invasores, no geral, têm o mesmo objetivo: Proteger pessoas, estabelecimentos, informações e artigos importantes para o cliente final.

Entretanto, no mercado de segurança, muitas vezes são vendidos como coisas distintas e sem nenhuma ligação, realizados por diferentes prestadores de serviços. Nesses casos, a identificação de invasores/criminosos é vista como elementos de segurança de vida, enquanto o controle de acesso é encarado como uma ferramenta de gestão e controlador de movimentações.

O intuito desse artigo é mostrar alguns aspectos que tornam claro os benefícios da integração entre esses dois sistemas, confira:

1.       Todas as ferramentas em apenas um sistema integrado

Quando controles de acesso e de invasores são combinados em apenas um sistema, os usuários e controladores podem operar com um software em comum. Isso diminui a quantidade de componentes de instalação; Custos com treinamentos são menores; Informações em apenas um servidor; Todas as funções de ambos os sistemas são unificadas e centralizadas.

2.       Operação sem gargalos

Se o sistema de controle de acesso e a identificação de invasores estão em sistemas diferentes, é necessário que seja realizada a integração. O problema é que devido a diferença de fornecedores e softwares, essa ação pode ser complexa e com percalços para os operadores. A segurança verdadeira depende de sistemas que trabalhem coordenadamente.

3.       Sem redundância no design do sistema

Um sistema de controle de acesso normalmente inclui software, um controlador, e cabos que se comunicam com dispositivos, tais como leitores de cartões, na borda do sistema. Um sistema de intrusão tem uma configuração semelhante, incluindo um segundo sistema de software, um controlador adicional e mais cabeamento que se comunica com um conjunto diferente de dispositivos na borda. Os dois sistemas funcionam em paralelo, mas nunca devem se encontrar! Por outro lado, a combinação das duas funcionalidades em um único sistema elimina a metade dos elementos envolvidos: Um único sistema de software gerência um único controlador, e há apenas um conjunto de cabos. Além de ser um projeto mais simples, há também uma economia de custos, por exemplo, relacionada ao cabeamento não redundante.

4.       Elementos do sistema mais poderosos

Os componentes do sistema tornam-se mais poderosos em um sistema combinado e, portanto, mais econômicos. Por exemplo, o mesmo sensor que detecta um evento de intrusão em uma porta também pode detectar quando a porta é mantida aberta muito tempo. Durante o dia, um sistema de controle de acesso precisa monitorar se um portão frontal está aberto. Durante a noite, o sistema de intrusão precisa saber se alguém está entrando na propriedade. O mesmo sensor poderia realizar ambas as tarefas. Os componentes do sistema, de fato, fazem dupla tarefa, entregando tanto no controle de acesso como no controle invasores.

5.       Login e interface simplificadas

Um sistema de software e um único login de usuário simplificam muito a operação. Não há necessidade de senhas diferentes. Além disso, considere que uma senha de acesso ao sistema de controle é usada todos os dias, enquanto um sistema de intrusão é requisitado apenas em ação ocasional de emergência. Um sistema combinado mantém esse log-in seguro e com palavras-passe com alta qualidade porque é usada todos os dias. A capacidade de rastrear senhas é um elemento central da ciber-segurança.

6.       Mais ciber-segurança

Qualquer sistema de ligação a uma rede corporativa requer a abertura de uma porta cibernética no firewall. Qualquer abertura deste tipo pode representar um risco de ataque cibernético, com sistemas integrados, é necessário apenas uma, reduzindo literalmente o risco pela metade. Em geral, a segurança da rede e os sistemas de controle de acesso são um ponto potencial de vulnerabilidade. Portanto, estes sistemas devem ser concebidos e instalados para fornecer aos clientes a solução mais segura possível. As precauções devem incluir testes de penetração e implantação de tecnologias de ciber-segurança reforçadas.

7.       Aumento na Receita Mensal Recorrente

A receita mensal recorrente é um tema comum entre integradores e instaladores de sistemas de detecção de intrusão. No entanto, o controle de acesso não adotou historicamente o modelo RMR, embora o quadro esteja mudando. Um integrador de controle de acesso que adota um sistema combinado verá imediatamente novas oportunidades abertas para receitas mensais recorrentes, tais como a oferta de serviços de monitoramento fora do horário comercial. Através de um serviço de aplicativo, os integradores também podem fornecer ao usuário final a capacidade de abrir portas remotamente e criar interface com o sistema. Os cenários RMR promovem uma relação mais aderente aos clientes e alimentam parcerias comerciais de longo prazo.

8.       Integração de vídeo simplificada

O vídeo tem sido historicamente integrado com sistemas de controle de acesso. Em um cenário de sistemas combinados, a integração com ferramentas de vídeo permite que as imagens sejam utilizadas para ambas as necessidades. Por exemplo, um alarme de intrusão poderia acionar uma transmissão de vídeo ao vivo.

9.       Comunicação simplificada com terceiros

Qualquer integração com tecnologias de terceiros (como o vídeo) é mais simples em um cenário de sistema combinado - apenas uma integração ao invés de duas! Sistemas abertos (usando interfaces de programação de aplicações [APIs]) se adaptam melhor a produtos de terceiros. As APIs abertas são compatíveis com ferramentas de vídeo, elevador e outros sistemas. No nível empresarial, o uso de vários protocolos de comunicação permite a integração de edifícios inteligentes e na Internet das Coisas (IoT).

10.       Manutenção simplificada

Dois sistemas requerem dois conjuntos de manutenção contínua, enquanto quando se trata de um sistema combinado, vários elementos em comum devem entrar nessa rotina. Além disso, o monitoramento de software em tempo real permitir que os fabricantes e integradores mantenham vigilância constante sobre o status das ferramentas, e tenham um plano de solução de problemas on-time. Quando os sistemas são combinados, informações sobre uma função (acesso controle) pode criar pontos de preocupação sobre o outro (intrusão).

11.   Uma empresa responsável por todo o sistema

Em ocasiões de problemas em um sistema integrado, é muito mais fácil de encontrar o responsável para sanar as dificuldades. Benefícios como apenas uma equipe de suporte técnico, única interface para os dois sistemas e maior eficiência comercial também devem ser pontuados como diferencial. 

 

Gustavo Cavequi